O Sacrifício do Cordeiro

Publicado por

“Eis o cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo” (Jo 1, 29). 

Com essa frase João apresenta Jesus Cristo, como aquele cordeiro que tira o pecado do mundo. Mas, por que Jesus Cristo é o cordeiro? E por que esse cordeiro tira o pecado do mundo? 

Como sabemos, no Antigo Testamento, principalmente no livro de Levítico é mostrado os vários rituais que os antigos judeus tinham. Em alguns desses rituais era necessário o sacrifício de algum animal. Por exemplo: quando uma mulher ficava menstruava era necessário que ela oferecesse pombas no templo para o sacrifício, assim, acreditava-se que elas se tornavam “puras” novamente. 

Dentro desse universo simbólico dos sacrifícios de animais, havia o símbolo do cordeiro que também era um animal oferecido como holocausto para expiação dos pecados. Deste modo, quando alguém oferecesse um cordeiro no templo, esse sacrífico marcava o perdão dos seus pecados e delitos. 

Sendo assim, Jesus Cristo no Novo Testamento se oferece para nós em sacrifício na Cruz para o perdão dos nossos pecados para a nossa salvação. Por isso, João exclama que ele é o Cordeiro que tira o pecado do mundo. E como João sabe que é Jesus esse cordeiro? Porque, como continua o Evangelho, João viu o Espirito de Deus pousar sobre Ele no batismo. 

Jesus é  o sacrifício perfeito, pois o próprio Espírito Santo pousou sobre ele, selando-o definitivamente como o cordeiro que se doaria inteiramente para a nossa salvação. A vida de Jesus é um ofertório em que ele se entrega por nós por amor. 

Jesus nos reconciliou com Deus Pai, por isso não há mais a necessidade de se fazer sacrifício de animais, pois o único sangue a ser derramado foi o de Cristo. Na Missa, toda vez que participamos dela, estamos fazendo uma memória desse sacrifício de Cristo. 

São Francisco em sua admoestação 1 vai dizer que para entendermos esse sacrifício da Missa, como entrega de Jesus por nós, temos que ter os olhos espirituais. 

Irmãos, para celebrarmos Jesus como sacrifício de amor por nós, busquemos ter olhos espirituais. 

Paz e Bem, 

Frei Jhones

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s