Atualizando status: Grávida do Senhor!

Publicado por

Neste domingo, celebramos a Solenidade da Assunção de Maria. O Evangelho nos conta sobre a visita de Maria a sua prima, Isabel. Logo no início do texto vemos que: “Maria partiu para uma região montanhosa, dirigindo-se apressadamente, a uma cidade da Judeia”. Nessa ocasião, tinha acabado de ficar sabendo que seria a mãe do Senhor, e estava cheia de Deus, pois habitava nela a plenitude da salvação – seu Filho.

Em Maria, não temos a fonte da salvação. Mas nela habita o canal da salvação: Jesus. O tema central dessa festa é o próprio Cristo, pois Maria foi a portadora feliz do Cristo. E, sendo assim, grávida do Senhor, com tamanha alegria, graça e transbordando seu amor, não consegue ficar parada, e parte. Ao fazer isso, mostra-nos que estar “grávidos” de Cristo nos faz sair de nós e partir, ir ao encontro dos irmãos, partilhar tamanha graça.

Quando passamos por uma situação feliz em nossas vidas logo desejamos dividir esse momento com alguém e saímos as vezes correndo para contar a notícia. Até podemos, em muitos casos, tirar uma foto e colocarmos no Facebook ou Instagram. Acredito que, caso Maria tivesse uma conta no “Face” nos dias atuais, ela até publicaria no status: Grávida de Deus. Faria isso não para se mostrar importante, e sim, para compartilhar o quão contente estava que a alegria não cabia nela mesma.

Ao sair e ir ao encontro de Isabel, logo as duas se saúdam e Maria profere seu lindo cântico chamado Magnificat. Que cântico meus irmãos! Traz uma mensagem tão profunda e cristológica e nos convida a recitá-lo todos os dias a tarde – como nos recomenda a Igreja. Gostaria de ressaltar um versículo: “O Poderoso fez em mim grandes coisas”. Ela reconhece que não é obra dela o que está acontecendo, mas obra de Deus. Foi esse mesmo Senhor, que tem seu nome santo, que foi, durante a história da salvação, conduzindo seu povo.

É Deus quem conduz os caminhos, como mesmo afirma Mestre Eckhart em um dos seus sermões: “Nós atuamos em uma história que tem por autor o Divino”.

Portanto, irmãos, saibamos perceber como está a nossa atuação e convido a todos nessa festa a ficarem “grávidos dos Senhor”, para que, após ficarmos tão cheios desse Deus, saiamos ao encontro dos outros. Anunciando Jesus Cristo com alegria e amor.

Paz e Bem!

Fraternalmente, Frei Jhones Lucas Martins

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s