O bom advogado

Postado por

“Jesus estava rezando num lugar retirado e os discípulos estavam com eles. Então, Jesus perguntou: ‘Quem diz o povo que eu sou?’. Pedro respondeu: ‘o Cristo de Deus’”

(Lc 9, 18). 

Neste fim de semana, a Igreja celebra a 12ª semana do Tempo Comum. E no Evangelho, Jesus pergunta aos seus discípulos, quem diz as pessoas que Ele é. Pergunta simples, mas mal compreendida. Digo mal compreendida, porque para nós, responder quem é tal pessoa, é preciso conhecê-la primeiro. E conhecer alguém é algo que leva tempo e intimidade. Por exemplo, quando um advogado vai defender alguém diante de um tribunal, antes de defender ele precisa: conhecer a pessoa e saber sobre sua vida, para poder defender o réu diante do juiz. Para dar um bom testemunho diante do tribunal, o advogado tem que conhecer bem. Só assim, pode dizer quem é aquela pessoa e o que ela fez. 

Sendo assim, conhecer Jesus é algo que precisamos cultivar intimidade, conversar, dialogar para então responder quem nos pergunta: “Por que você vai à Igreja?” Responder a tal pergunta é responder quem é Jesus. Pedro respondeu a pergunta: Jesus é Cristo. Cristo que quer dizer o enviado de Deus, o Filho muito amado, o Senhor da vida, o Messias. Pedro conseguiu responder a essa pergunta porque cultivava amor, carinho e conversa com o Mestre. Responder porque Jesus é o Senhor da nossa vida, o Cristo da nossa existência e o Messias da nossa salvação é responder com o coração  “Quem é Jesus”. Logo após Pedro responder a pergunta, “Jesus proibiu-lhes severamente que contassem isso a alguém” (v21).

 Tal proibição é feita, pois a experiência de Jesus Cristo deve ser feita de modo individual. Ou seja, cada um de nós, de maneira individual, deve responder quem é Jesus. Nós temos que responder e dizer: Jesus é Cristo da minha vida, Senhor da minha existência e o Messias da minha salvação. Que possamos irmãos, auxiliados pelo Espírito Santo, responder a essa pergunta: quem é Jesus?. Sejamos bons “advogados” para conhecermos a pessoa Jesus Cristo que iremos defender e testemunhar ao mundo seu amor por nós. Paz e Bem! 

Frei Jhones

Deixe uma resposta