Cotonete

Postado por

“As minhas ovelhas escutam a minha voz, eu as conheço e elas me seguem”

(Jo 10,27)

Neste quarto domingo da Páscoa, ouvimos o Evangelho sobre as ovelhas que somos nós, seguidores do pastor que é Jesus Cristo. Porém, precisamos escutar a voz de Deus para podermos perceber qual o caminho que seguir. Meus irmãos, se nós não escutarmos a voz de Deus, não saberemos qual caminho seguir. Deste modo, como diz o coelho do livro “Alice no País das Maravilhas”: quem não tem para onde ir, qualquer caminho serve. 

Se nós não temos algo para seguir, qualquer proposta que nos é oferecida está bom. Portanto irmãos, cuidemos dos nossos ouvidos para escutarmos bem a voz do pastor. Passemos bem o cotonete, ou seja, tenhamos uma vida de oração, participação da missa e façamos de tudo para imitar o exemplo que Jesus nos deixou em seu Evangelho. O cotonete é essencial para limparmos bem os ouvidos e escutarmos a voz de Cristo que nos chama sempre. 

Pois afinal, se nós não escutarmos a sua voz, certamente escutaremos outras vozes. “E ninguém vai arrancá-las de minha mão” (Jo 10,28). Uma vez que nós escutamos a sua voz e depositamos a nossa confiança em Deus, nada pode nos tirar das mãos de Deus. Pode acontecer que nós queiramos sair da presença de Deus e deixá-lo escapar de suas mãos. Porém, isso acontece porque nós assim escolhemos, não porque Deus nos derruba. Deus é um Pai que quer sempre amparar seus filhos em suas mãos.

 Deus, como diz São Francisco, é o Sumo Bem, o Bem Pleno. Ele sempre está pronto para nos colocar em seus braços, o triste é quando escorregamos de seus braços e nos desfazemos do seu abraço. Portanto, irmãos corramos para esse abraço e abracemos Deus bem forte para não cairmos de seus braços. Quem não gosta de um abraço, né?! Ainda mais um abraço que vem de Deus. Paz e Bem!  

Um abraço fraterno.

Frei Jhones

Deixe uma resposta