A primeira e a segunda entrada

Postado por

“Bendito o rei, que vem em nome do Senhor! Paz no céu e glória nas alturas”

(Lc 19, 38)

Na celebração deste fim de semana, Domingo de Ramos, a Igreja propõe dois Evangelhos: o primeiro da entrada triunfal de Jesus em Jerusalém e o segundo da entrada de Jesus no calvário.

 Duas entradas de Jesus, mas com sentidos e significados diferentes. Na primeira entrada – a triunfante – temos Jesus sendo proclamado como o Rei que vem em nome do Senhor. Já na segunda entrada – o calvário – temos Jesus sendo proclamado um malfeitor. Entretanto, qual a lição que podemos tirar dessas duas entradas de Cristo? Na primeira entrada, percebemos a glória de Cristo; já na segunda entrada, percebemos a salvação que nos foi oferecida. A primeira entrada nos mostra que a segunda entrada é salvífica. Na primeira entrada vemos o poder de Deus e proclamamos o Senhor da nossa vida. Na segunda, percebemos que esse mesmo Deus que é Senhor da nossa vida, assumiu as nossas dores e fomos curados.

O mistério que celebramos  neste momento é um dos mais lindos que a Igreja nos apresenta: pelos nossos pecados, Cristo se fez pecado! Cristo se tornou vigário, ou seja, Ele nos substituiu! O que era para sofrermos, Cristo sofreu por nós, sendo ele o nosso vigário. Santo Ambrósio tem um termo para o sofrimento de Cristo: Satisfação Vicária. Seu significado é: Satisfação – porque o que Cristo fez, foi um sacrifício perfeito que satisfez, ou seja, não precisa ter mais sangue derramado, pois o Seu sangue já perdoou todos os nossos pecados; e Vicária – significa que Cristo sofreu em nosso lugar. Irmãos, vivamos essa Santa Semana caminhando com Cristo no calvário para chegarmos juntos também em sua Ressurreição. 

Paz e Bem!

Um abraço fraterno.

Frei Jhones

Deixe uma resposta