Vamos à pesca?

Postado por

“Não tenhas medo! De hoje em diante, tu serás pescador de homens” (Lc 5, 10).

Nesta passagem do Evangelho, vemos alguns personagens, dentre eles, Simão, que futuramente se chamará Pedro. Simão, o pescador, estava cansado, pois havia tentado pescar a noite toda e não conseguiu nenhum peixe. Porém, Jesus ao avistá-lo, pediu que jogasse as redes novamente.

E obedecendo a Jesus, assim o fez! Quando foi puxar a rede, tamanha era a sua surpresa, a rede estava cheia de peixe. Após essa surpresa, Jesus o convida para ser pescador de homens.

E afinal, o que é ser pescador de homens? Quando vamos viajar, costumamos fazer as nossas malas. E ao fazer as malas, vamos escolher as roupas que nos acompanhará na viagem. Se vamos à praia, escolhemos trajes de banho; se porém vamos ao casamento, escolhemos roupas para ir a festa e assim por diante. Podemos dizer que ao montar a nossa mala, vamos “pescando” as roupas necessárias no guarda-roupa para realizar a viagem. Do mesmo modo se aplica a Simão.

Quando Jesus pede para ele ser “Pescador de Homens”, essa expressão quer dizer: a nossa vida é uma viagem; a Igreja é o carro que nos leva para o destino da nossa viagem: o Céu. E por fim, o nosso batismo é o momento em que fomos pescados, ou seja, colocados dentro do “carro” chamado Igreja. Para caminharmos então até o nosso destino final: o Céu. Pelo nosso batismo, somos “pescados” por Deus, pois assim Ele nos quis.

Somos levados nessa viagem que durará toda a nossa vida terrena. Portanto irmãos, façamos de tudo para permanecermos na “Barca de Pedro”, no “Carro da Igreja”, na “Viagem da Vida Eterna”, para que juntos possamos desfrutar da alegria do destino que é o Céu. A Igreja já pescou tantas pessoas e o mais bonito desta pesca é que todos podem entrar e participar. Por isso, faça o convite a quem você conhece: Vamos à pesca? Paz e Bem!

Frei Jhones Lucas Martins

Deixe uma resposta