O Bendito e a Bendita

Postado por

“ Com um grande grito, exclamou: Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre ! ”  

( (Lc 1, 42).

Neste último domingo do Advento, ouvimos o Evangelho, que após Maria ter sido saudada pelo anjo, ela seria a mãe do Senhor. Maria então, parte para a região montanhosa para a casa de Isabel.

Ao chegar lá ela é aclamada por sua prima com grande júbilo: “Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre”. Tanto Maria quanto Jesus são “benditos”. Jesus é bendito porque é a fonte da salvação e Maria é bendita porque Jesus a tornou bendita.

Bendita, porque ela é o grande palácio onde em seu ventre habita o rei! Bendita, porque ela é a primeira casa de Deus na terra! Bendita, porque Maria é serva do Pai, mãe do Filho e esposa do Espírito Santo! Bendita, porque não há na terra criatura igual foi Maria! São Francisco costumava exclamar Maria como: Salve morada do Senhor.

E ao aproximarmos da festa do nascimento do Bendito fruto, não podemos esquecer-nos do bendito útero que Jesus durante 9 meses morou. Ao cantar “Noite feliz”, não podemos deixar de lembrar-nos do “Dia Feliz” que Maria deu seu sim. 

Ao nos inclinarmos na manjedoura para adorar o menino Deus, não podemos deixar de agradecer à menina Maria pela sua escolha feliz de nos dar Jesus como nosso Senhor e Salvador. Ao cantar “Glória Deus nas alturas” junto com os anjos de Deus, lembremo-nos de dizer junto “O Senhor fez em ti, Maria, Maravilhas e santo é o seu nome”. Por isso, os dois são Benditos. 

Um é Bendito porque é a fonte da bênção, e ela é bendita porque recebeu em seu ventre a benção inteira. Celebrar o natal de Jesus é celebrar junto um agradecimento a Maria, pois por meio dela, o Sol nascente nos veio visitar, Deus armou uma tenda entre nós e o Verbo se fez Carne. Por meio do Sim de Maria, o mundo ganhou um sentido, o caminho ao céu foi traçado e a paz veio permanecer conosco até o fim dos tempos. Celebrar esse momento é celebrar os dois benditos!

Paz e bem!

Frei Jhones

Deixe uma resposta