Francisco de Assis, um hino de gratidão!

Publicado por

Francisco, você me ensina.

Sempre lembro do nosso primeiro encontro. Te conheci num meio que você adorava viver, em meio a montanhas, na presença fraterna de seus companheiros e em profunda oração. No meio deles senti quem era Francisco, um jovem alegre, fraterno e radical, me apaixonei. Lembro dos inúmeros filmes e vídeos e livros que devorei nos dias, semanas, meses e anos seguintes desse primeiro encontro. Quanto mais te conheço, menos sei, pois tu és presença viva de Deus Pai, Filho e Espírito, e assim, mais quero beber dessa água e buscar dessa fonte. 

Francisco, você me emociona.

Foram lágrimas e mais lágrimas que derramei ao sentir a presença de Deus em sua vida. Inúmeras vezes meu coração transbordou de amor ao viver a experiência do encontro com o crucificado pelo seu exemplo, sendo em encontros fraternos, no silêncio contemplativo, ou pisando em solo sagrado. Me emociona sua sensibilidade, e por isso, posso sentir a brisa do vento no rosto, ou ouvir o canto dos pássaros, e me permitir voar com as andorinhas por todo e qualquer espaço, tudo nos é comum. Vivemos em comunhão com a criação, pois sou criatura. Sou irmã, sou natureza, sou o todo.

Francisco, você me inspira.

A conversão foi gradativa, e continua sendo. Voltar ao centro, buscar a essência e lembrar as razões pelas quais você deixou tudo para o seguimento de Jesus. Nada importa, a não ser o amor, aquele que não é amado e que preciso pregá-lo a todos, pelas ações e, se preciso, pelas palavras. E é assim que construo minha família, dia após dia, meu principal local de missão. Por meio deles vou ao céu, e desejo levá-los todos comigo ao paraíso. Me inspira sua humildade e entrega. Não levar nada na mochila e confiar, entregar tudo ao Senhor e me confiar em colo, sob seus cuidados.

Francisco, você me abraça.

Séculos nos separam, mas aqui o tempo é irrelevante, é uma relação atemporal. Sinto que está em todos os espaços de minha vida, uma presença forte que me abraça e caminha comigo na construção do reino de Deus pela humildade e cumprimento fiel do evangelho. Você beija meu amargo e me mostra que o doce de Cristo é o que realmente importa, nada faz sentido sem viver a presença viva Dele em nossa vida. De repente somos só nós e a inquietude dá lugar à paz. Não há lugar para medo ou dúvidas, é a presença do Espírito de Deus que renova, transforma, está.

Obrigada por se fazer verbo em minha vida. Que em mais esse seu dia, eu esteja atenta para celebrar seu trânsito, e mais uma vez tu esteja me ensinando, emocionando, inspirando e abraçando. Seus passos levam ao encontro com a Trindade Santa, convertem e transformam. Que assim seja, amém!

Boas festas! Um abraço, Mari Rogoski!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s