“A ação dos anjos e demônios” – Parte 2

Publicado por

Nesta nossa segunda reflexão sobre anjos e demônios, vamos refletir sobre a ação angélica no mundo. No Evangelho de hoje, temos o seguinte versículo: “Ao desembarcar, Jesus viu uma numerosa multidão e teve compaixão, porque eram como ovelhas sem pastor.” (Mc 6, 34). Quantas vezes em nossas vidas nos sentimos só, sem a presença de Deus. Isso pode acontecer. Entretanto, nunca estamos separados de Deus, ao ponto Dele confiar-nos um anjo da guarda, para nos guiar e nos conduzir no caminho correto e perfeito. Cada um de nós tem um anjo de guarda. Mas qual a função de um anjo?

Na terceira catequese sobre Seres Espirituais do papa São João Paulo II, ele diz que: “Os anjos, criaturas espirituais, têm função de mediação e de ministério, nas relações mantidas entre Deus e os homens” Os anjos de guarda tem a função de nos mediar e nos guardar, pois receberam essa função e esse serviço de Deus. Cada um de nós recebeu um anjo que nos auxilia para combater o mal e o pecado. Toda vez que vier o medo, angústia e a tentação do mal para nos persuadir a fazer o errado, peçamos ao nosso anjo da guarda: “Santo anjo do Senhor, meu zeloso guardador, se a ti me confiou a piedade divina, sempre me rege, me guarde, me governe e me ilumine, Amém!”.

No Evangelho de hoje, Jesus olha para aquela multidão sentido-se sem pastor e logo em seguida o autor coloca: “Jesus começou a ensinar aquela multidão de pessoas”. Certamente, Ele deve ter ensinado que havia um Deus no qual não abandona ninguém, que ama e que guarda a cada um de nós. E não vamos confundir, anjo da guarda com esoterismo, anjos não tem nome e não cabe a cada um de nós tentarmos inventar um nome para eles. A função do anjo é nos guardar do mal, não caímos no erro de querer dar um nome a eles ou tentar inventar algo para além disso. Esoterismo, superstição, horóscopo são coisas que nada têm a ver com a nossa fé, pois a nossa fé é em Deus e na sua obra salvífica. Tudo para além disso é uma ação maléfica.

Os Anjos de guarda são para nos guardar do pecado, para que não percamos a salvação! E nessa batalha precisamos estar munidos da graça de Deus. Não adianta querer ajuda do anjo da guarda sem rezar, sem recorrer aos sacramentos, pois afinal Deus faz tudo menos fazer o nosso trabalho.   

Paz e Bem!   

Um abraço do Frei Jhones!

Crédito da imagem: Cristo carregado por anjo de Alonso Cano

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s