Antônio do pão de trigo, do pão do céu!

Publicado por

E aí galera! Paz e bem !

Hoje a Igreja celebra Santo Antônio de Pádua, ou de Lisboa. Na verdade é  Antônio, o santo do mundo inteiro, já diz uma das aclamações da sua ladainha aqui no Convento do Largo do Largo da carioca, no Rio de Janeiro (RJ).

Santo de muitos milagres, mas ao mesmo tempo de muita humanidade, doutor da Igreja, que sabia a bíblia de cor, e por isso trazia muitas almas para Deus. Antônio tem muitas histórias encantadoras sobre sua passagem na terra ajudando aqueles que precisavam, seja do pão de trigo, seja do pão do céu. Dentre essas histórias que fazem sua fama, a que mais torna Frei Antônio famoso no mundo, é  a fama de casamenteiro.  Aqui no Brasil a fama é  tão imensa que o dia dos namorados, que é  celebrado no resto do mundo em 14 de fevereiro, mudou-se para 12 de junho, dia que antecede a sua festa litúrgica.

Realmente, Antônio tem muito a ensinar para quem deseja se casar. Afinal, ele que se enamorou por Cristo, sabe como  ninguém o que é  se apaixonar e dar a vida por quem se ama.

Para nós cristãos, o  casamento é mais que um evento social que une duas famílias, é um sacramento, onde duas pessoas experimentam o mistério da União de  Cristo com a Igreja, onde cada um busca a santidade do seu cônjuge, dentro da vida comum. É da fecundidade da graça desse amor em sacramento que famílias são formadas, e  um matrimônio bem vivido, certamente é  celeiro de outras vocações.

Desta maneira, Santo Antônio tem sim muito a ensinar aqueles que se sentem chamados a viver a vocação ao matrimônio. E acredito que duas de suas características principais podem ajudar e muito quem quer esse caminho.

A primeira delas é que Santo Antônio era um homem de muita oração. Estar com Deus era sua prioridade, e assim, ele pôde se abrir a Sua Vontade, escutar a Sua voz. Cada um de nós também precisa ter  momentos de diálogo com Deus através da oração, e assim perceber o que Ele deseja de nossa vida. E é bom lembrar que não só os religiosos precisam de tempo de oração, os casais também precisam deste tempo, juntos e individualmente.

Outra característica é que Antônio deixou-se ser preenchido do Amor de Deus  para amar.  E da mesma maneira quem deseja casar-se deve agir: o caminho da intimidade com Deus nos ajuda a experimentar o Amor verdadeiro, único que só o Senhor pode nos dar. E cheios desse amor, seremos capazes de amar em plenitude. E importante deixar isso bem claro: só quem é  tocado pelo amor, pode amar; ninguém pode dar o que não tem. 

Certo é  que, aqueles que se amam e desejam formar uma família  precisam ter uma relação tripla. Isso mesmo: além do casal, Jesus precisa participar dessa vida em comum. Ele precisa ser a pessoa mais importante nesta aventura de amar, que nada mais é  do que buscar a felicidade de quem se ama, e disso Jesus tem muito conhecimento.

Contar com Santo Antônio para um bom casamento, é  ter a segurança de que ele vai ajudar aqueles que o escolhem como amigo a seguir para fazer de seu matrimônio um grande louvor a Deus. Já pensou nisso?

Que Santo Antônio interceda hoje por todos nós a seguir no caminho de Cristo, seguindo seu exemplo de fé, de oração e de entrega ao Grande Amor, e transbordantes, possamos gerar ainda mais amor neste mundo.

Viva a Santo Antônio! Deus te abençoe.

Abraço fraterno, Ana Karenina!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s