Espalhar Deus pelo mundo

Publicado por

“Ao sair do barco, Jesus viu uma grande multidão. Encheu-se de compaixão por eles” (Mt 14,14). No Evangelho desse final de semana, ouvimos o relato do milagre da multiplicação dos pães. Interessante perceber que o milagre ocorre depois que Jesus “se enche de compaixão”. Percebemos um movimento onde Jesus vê aquela multidão faminta, se enche de compaixão deles e realiza o milagre.

Deus sente compaixão de nós e realiza o milagre em nossa vida. Deus sentiu compaixão do homem e enviou o maná para alimentar o povo no deserto; Deus sentiu compaixão de nós e enviou o seu próprio Filho Jesus Cristo para nos amar e salvar; Jesus sentiu compaixão de nós e deixou seu Corpo e Sangue para nos alimentar dele por meio do milagre da Eucaristia; Deus sentiu compaixão de nós e ensinou-nos a rezar uma oração que faz nós todos sermos irmãos, para que o meu sofrimento seja o sofrimento de todos e que a minha alegria seja a alegria de todos; Deus sentiu compaixão de nós, e deixou a nós a sua Igreja com todos os sacramentos que nos aproxima de Deus.

Irmãos, Deus é o único que sabe quem somos de fato e ele sente compaixão das nossas misérias, medos e angústias. Esse mistério – que é Deus – é no qual podemos ter a confiança e a garantia, uma vez que este é um mistério de amor e de compaixão. Antes de julgar quem somos, ele já nos amou por primeiro. 

A segunda parte desse Evangelho pode as vezes passar desapercebida, pois depois de ter feito o milagre, alimentando a todos, e de todos ficarem satisfeitos, acontece que ainda “dos pedaços que sobraram, recolheram ainda doze cestos cheios” (Mt 14, 20). Depois do milagre, ainda sobrou pedaços e recolhem 12 cestos cheios. Esses 12 cestos cheios de pães eram para ficar guardados ou para se usar depois? É para se usar quando estiverem novamente com fome. Sendo assim, depois do milagre de Deus ter sido realizados em nós, não podemos “guardar Deus” para o nosso proveito, mas sim espalhar Deus pelo mundo.

Se Deus sente misericórdia de nós, não podemos guardar isso para nós mesmo, mas sim espalhar a misericórdia pelo mundo. Irmãos, a vela foi feita para se colocar debaixo da cama ou em cima da mesa para iluminar o ambiente? Nós somos a Luz do mundo e cada um de nós recebeu um cesto cheio de milagres assim que nascemos, cabe agora cada um de nós espalhar Deus pelo mundo!

Paz e Bem!  

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s